Lembranças de Taro Uno 1917-2007

dsc00089.jpg

No texto passado, falei sobre a Síndrome de Brás Cubas, a preocupação do que deixaria às pessoas quando eu morresse porém, agora quero compartilhar o contrário, o que uma vida deixou para mim quando essa “estrela” se apagou.  

Há pouco mais de um mês, morria aquele de quem eu descenderia. Taro Uno, meu grande avô, que depois de uma guerra com duração de mais de 60 dias na UTI, deixaria as tropas militares terrestres.

Veio ao Brasil no começo do século XX, no movimento de imigração japonesa, período entre-guerras. Casou-se com Mitiko, moraram no interior de São Paulo, depois estabeleceram suas vidas na Cidade. Juntos, construiram a Família Uno.

Ficam com saudades seus 7 filhos e também Débora, Fabiano, Suzana, Daniel, Marcio e Bianca, seus netos queridos.  Porém não só ficamos com saudades, mas também de lembranças que marcaram nossas vidas.

Particularmente, a vida de meu avô será lembrada quando tinha por volta de meus 8 anos de idade e eu estava colecionando figurinhas (esse era um dos meus passatempos preferidos na infância). Quase para completar meu álbum, o vô marcou os números que estavam faltando e disse que iria diretamente à fábrica para consegui-los. Após um tempo, ele veio e me entregou um pacote e quando abri, para minha surpresa, encontrei aquelas mesmas figuras que eu precisava para encher minha coleção. Tamanha foi a minha alegria, tamanha foi a palpitação do coração do menino.

Sua vida será lembrada quando, no começo da minha adolescência, ele passou por uma cirurgia de grande risco e, resistindo, graças a Deus pode continuar a jornada.

Sua vida será lembrada quando, aos meus 12 e 13 anos de idade, sempre que íamos embora, antes de cumprimentá-lo, pedia que eu e minha irmã fizessemos orações por sua vida. Neste mesmo tempo, recordo-me que começou a frequentar minha igreja, fazer estudos bíblicos e ler a Bíblia. Esse tempo foi efêmero, porém precioso.

Sua vida será lembrada quando, nas maiores discussões e momentos de nervosismo da minha avó, sempre saia do recinto, ficava quieto e não retrucava. Demonstrava, após toda essa cena, o amor por ela, agradando-a com comida, ajudando-a. Não demonstrava ódio e rancor. Perdoava. Com isso, os dois viveram juntos por mais de 60 anos.  

Sua vida será lembrada quando, sentado ou deitado na cama, lia o jornal japonês ou qualquer outro livro. Tinha o prazer em ler e conhecer a vida e estudar sobre algum assunto.

Sua vida será lembrada quando, fui para vê-lo no hospital e, entrando no quarto o encontrei em coma, respirando com intensidade e dificuldade e sua perna se movimentando lentamente. A batalha era dura, mas não desistia, apesar de seus 90 anos de idade.

Sua vida será lembrada quando, duas semanas antes de morrer, esforçou-se para abrir o olho e ver minha irmã. Nesta despedida, apertou fortemente a mão de Bianca e não a deixou ir, lágrimas escorreram de seus olhos. Queria viver!!! Somente soltou-a quando ela disse que iria voltar, porém não tiveram outra oportunidade de se reencontrarem.

Após isso, não sei de mais nada, sou limitado. Porém, só sei que apesar de ter ido embora, deixou momentos bons para minha vida. Momentos de aprendizado. Aprendi que na caminhada da vida, além de reflexão e razão, também é necessário o coração, é necessário viver.

Anúncios

9 comentários sobre “Lembranças de Taro Uno 1917-2007

  1. fabio

    Historia como essa, nos mostra que temos que aprovitar todos os momentos da vida, pois é em simples momentos, que deixam saudades.

    Pensamento: Aproveite bem a vida, antes que a vida aproveite de você.

    abraços

    Fabio.

  2. Pingback: Memórias: 2008, 1968 e 1908 « Caminhada & Missão

  3. Pingback: Memorial à Mitiko Uno 1921-2010 « Caminhada & Missão

  4. Pingback: Memorial à Mitiko Uno 1921-2010 « Caminhada & Missão

  5. Pingback: Memorial à Mitiko Uno 1921-2010 « Caminhada & Missão

  6. Pingback: Memorial à Mitiko Uno 1921-2010 « Caminhada & Missão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s