Há 20 anos atrás…

Imagem Extraída de: http://corinthiansfutmesa.blogspot.com/2010/12/16-de-dezembro-de-1990.html

Por Marcio Uno

Um dos registros de memórias da minha infância (logicamente auxiliado pelos sites www.museudosesportes.com.br, http://www.ipcdigital.com/br e www.gazetaesportiva.net):

Após eliminar o time favorito do campeonato (Atlético Mineiro) nas quartas de finais com o craque Neto, o Timão derrotaria o Bahia nas semifinais e enfrentaria o São Paulo na grande decisão.

O Corinthians venceu o tricolor paulista no primeiro jogo por 1 x 0 com o gol de Wilson Mano, após o cruzamento preciso de Neto. Para se consagrar campeão, precisava somente de um empate.

No segundo jogo, a casa do adversário estava lotada: 100.858 torcedores lotavam o Estádio Cícero Pompeu de Toledo. O árbitro escalado para a partida era Edmundo Lima Filho. São Paulo, dirigido então pelo falecido Telê Santana da Silva, tinha um time superior ao do Parque São Jorge: Zetti, Cafu, Antônio Carlos, Leonardo, Raí e Elivélton (alguns destes seriam campeões mundiais de 1992 em Tóquio). Mas o favoritismo do SPFC não barraria a garra e a pressão corintiana na busca pelo título inédito nacional.

O primeiro tempo terminou empatado. Somente restava ao time tricolor atacar para conseguir tirar a desvantagem. Com o jogo tenso, inicia-se a segunda etapa e também a alegria da fiel torcida: aos nove minutos da etapa complementar, após o rebote do chute de Fabinho, em meio a confusão na pequena área, Pedro Francisco Garcia (Tupãzinho), com seu carrinho desajeitado colocaria a bola para o fundo das redes do arqueiro Zetti.

Fonte da imagem: Acervo/GazetaPress

Gol!!! O Morumbi foi ao delírio!!! A massa corintiana explodia de emoção. O tremor da arquibancada, as bandeiras hasteadas e fogos queimando no céu anunciavam a realidade do sonho esperado. Em casa, lembro-me vagamente que o radinho de pilha ecoava a voz de José Silvério de Andrade que narrava a marcação do tento alvinegro.

Mais do que antes, o São Paulo pressionou o time adversário até o final do jogo, porém não obteve êxito. Edmundo pediu a bola, apontou para o centro do gramado e apitou. Fim da partida!!! O Corinthians deixava de ser um clube regional – até então possuía vinte títulos do Campeonato Paulista e quatro do Torneio Rio-São Paulo – para cair nas graças da nação brasileira.  

Assim como o time de Basílio de 1977 – que quebrou o tabu de 23 anos -, são estes os que entraram para a galeria da história do Parque São Jorge: Ronaldo Giovanelli (o inesquecível goleiro corintiano), Giba, Marcelo Dijian, Guinei, Jacenir, Marcio Bittencourt (este nome não me esqueço), Wilson Mano (o alemão), Neto (José Ferreira Neto, artilheiro e xodó da fiel) – Ezequiel, Fabinho, Tupazinho (Talismã), Mauro Van Basten – Paulo Sérgio. No comando, o grande Nelsinho Baptista.

  Fonte da imagem: http://radiocoringao.wordpress.com/

Este título abriu caminho para as grandes conquistas do Corinthians na década de 90:
– 1991: Supercampeonato Brasileiro
– 1995: Campeonato Paulista e Copa do Brasil
– 1996: Troféu Ramon de Carranza
– 1997: Campeonato Paulista
– 1998: Campeonato Brasileiro
– 1999: Campeonato Paulista e Brasileiro
– 2000: Campeonato Mundial Interclubes da FIFA

Fonte da imagem: Arquivo Victor Hugo

No dia 16/12/90, eu e meu pai escutávamos o jogo pelo rádio enquanto consertávamos o guarda roupa de meu quarto.  Após o término da partida e o anúncio pelo locutor que o Corinthians era o Campeão Brasileiro de 1990, meu pai me abraçou e senti algo maravilhoso: talvez esta seja uma das primeiras vezes que tive contato com a emoção.

Anúncios

Um comentário sobre “Há 20 anos atrás…

  1. Olá Márcio,

    Não me lembro se é a primeira vez que venho ao seu blog. A visita foi boa, embora tenho lido apenas um post. Eu também tive forte emoção com esse título brasileiro do Corinthians. Não me lembro de muita coisa, talvez, apenas do carrinho desengonçado do Tupãzinho.

    Parabéns pelo texto!

    Abraço, Anderson (SEM PLACAS)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s