Os Dez Mandamentos Para Um Governante

Brasilia

Por Marcio Uno

Eis que te digo:

1- Nem pense em trair o discurso ético, moral e coerente, muito menos acusar veementemente os opositores partidários. Além de se ter uma ruptura com muitos fiéis do diretório, verá que só se perpetua no sistema com a renúncia dos princípios defendidos. Lembre-se da poetisa: “Quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra”;

2 – Nunca opte em governar, preferencialmente, pelos pobres e os mais necessitados. Isso fomentará ódio à classe capitalista dominante, sendo estes os primeiros inimigos algozes conquistados;

3 – De modo algum introjete às práticas a lógica de que “se os governantes anteriores foram corruptos e lhes imperou a impunidade, por que agora seria diferente?” Utilizar-se de esquemas semelhantes de corrupção criados por governos passados com os mesmos pivôs (Marcos Valério e Alberto Youssef) e sofisticar as condutas, o grave erro será aparente;

4 – Não faça aliança com quem seus discursos de oposição eram ácidos muito menos com o maior partido do Congresso, ainda mais se o pacto for com o Belzebu, pai de todos. Pela troca dos desejos realizados, as chantagens serão permanentes e no momento mais crítico Mefistófeles pedirá alma a Fausto;

5 – Nem tente empoderar tampouco trazer ligeira autonomia às instituições federais. Não sancione leis como as da Ficha Limpa e da Delação Premiada. Coíba rigidamente as diversas Operações (Mensalão, Lava Jato, etc). Controle absolutamente a Controladoria Geral da União (CGU), a Polícia Federal (PF), o Tribunal de Contas da União (TCU), o Supremo Tribunal Federal (STF), o Ministério Público da União (MPU) e o Congresso Nacional. Aprenda que no jogo de xadrez o tiro não pode sair pela culatra;

6 – Jamais desagrade seu Vice e brigue com o Presidente da Câmara, ainda mais se ambos pertencerem à soberana sigla partidária. Imperdoável pecado!!! Carregue consigo o provérbio popular: “Manda quem pode e obedece quem tem juízo”;

7 – Nunca peça o retorno de impostos (CPMF) mediante os quais tecia duras críticas. Não aumente a máquina pública e tenha como o estado mínimo e o neoliberalismo lema de suas bandeiras sólidas. Rediscuta o pacto federativo sem gerar desgastes com os Estados e Municípios. Não arroche o servidor público. Seja carismático, populista e não carregue a intransigência consigo;

8 – De forma alguma abra portas para uma grave crise econômica que traga como consequências a desvalorização cambial, o rebaixamento da nota de crédito pelas agências de classificação de risco de investimentos, a alta da inflação, da taxa dos juros e dos níveis de desemprego, pois além de ser a justificativa ideal para os inimigos acumulados até aqui, com o retrocesso social, nem mesmo aqueles beneficiados durante o Governo se lembrarão das conquistas passadas;

9 – Não incentive o presidencialismo de coalizão quando a relação com as lideranças das bases forem quebradas. Eu mesmo te orientei: “Nem só de Ministérios viverá o cão, mas de todo o trato político possível.” A ingenuidade e incompetência na articulação política não faz parte no mundo da perversidade. Preserve sempre o “bom trânsito” e a “boa comunicação” diante dos parlamentares (para bom entendedor, quatro aspas bastam);

10 – De jeito nenhum dê espaço para ser o sacrifício da depravação, o bode expiatório da vez. Diante das violações dos nove mandamentos acima, mesmo que todos os outros governantes cometam as tais acusações pelas quais te sentenciam, não terá força quando gritar que está diante de um golpe. E Já dizia as palavras sábias do mestre: “Agora, Inês é Morta!”.

Obedeça ao seu Deus e, então, governará pela eternidade. Shalom!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s